Tapioca na Dieta Low carb

Tempo de leitura: 7 min

Escrito por Marcelo Wagner
em 3 março, 2022

Sejam bem-vindos a mais um vídeo aqui do
nosso canal. Hoje nós vamos falar sobre tapioca. E para falar desse assunto nós vamos trazer
o nosso amigo Pedro. O Pedro é do canal Batata Assando. Nós já gravamos vídeos no canal dele e
ele já gravou alguns vídeos no nosso canal e todos esses links vão estar aqui na descrição. E aí, Pedro, preparado para falar tudo sobre
a tapioca? Preparado, preparado! Vamos lá, que esse vídeo aqui vai ficar
bem legal! Então vamos falar agora sobre as três perguntas
mais comuns sobre tapioca no contexto de uma dieta low-carb, as perguntas que a gente mais
recebe. E a primeira pergunta é a seguinte: tapioca
pode? NÃO! Basicamente se você está numa dieta onde
o objetivo é reduzir os carboidratos, não faz muito sentido você colocar na sua alimentação
um alimento que é praticamente só carboidrato, não tem nenhum nutriente, não tem nenhum
proteína, não tem nenhuma gordura boa. Então não faz muito sentido se você quer
reduzir os carboidratos, você comer um alimento que é só carboidrato. E, para piorar, a tapioca ainda não fornece
grande saciedade porque não tem nem fibra, nem gordura, nem proteína, conforme o Pedro
disse, e tem um alto índice glicêmico, ou seja, vai ser absorvida rapidamente pelo seu
organismo – o que é péssimo para quem está querendo fazer um controle de insulina
para emagrecer – e também é péssimo porque vai te dar fome rapidamente. Mas então quer dizer que a tapioca engorda? Como funciona isso? Comendo tapioca eu vou engordar automaticamente? Qual é a verdade, Pedro? Basicamente a resposta para essa pergunta,
como várias outras respostas que nós sempre falamos aqui, é: depende. Depende do contexto, depende do seu metabolismo,
idade, sexo e tudo mais. Mas basicamente se você é uma pessoa atleta,
pratica atividade físicas muito pesadas, tem uma alimentação muito regrada, toda
certinha e coloca uma tapioca por dia, por exemplo, com frango, com atum, com carne moída
– que é uma fonte de proteína com uma fonte de carboidrato no pós-treino – provavelmente
você não vai engordar. Mas se você já é sedentário, não tem
tempo de praticar exercícios físicos, nunca praticou exercício a vida toda e você coloca
uma tapioca, por exemplo, no café da manhã – que é o horário que a sua glicemia está
mais regulada, que você está mais queimando gordura – provavelmente sim, você vai engordar,
ou pelo menos, você vai deixar de emagrecer o que teria emagrecido se você não tivesse
comido ela. Não tem nada de inerentemente ruim com a
tapioca, dependendo do seu contexto. Se você está querendo emagrecer então,
na nossa opinião, vai ser melhor evitar a tapioca. Na verdade, nós já falamos em outro vídeo
que o emagrecimento acontece com o déficit calórico e esse déficit, se você está
vivendo em condições de vida livre – se você não está pesando e medindo todas as
suas comidas, tudo o que você coloca para dentro – é mais fácil de acontecer de
você ingerir menos calorias espontaneamente com uma dieta baixa em carboidratos com alimentos
que, como o Roney falou, não ativam a sua insulina; não te deixam com fome a cada pouco
tempo; mas sim, alimentos que deixam você saciado por mais tempo; alimentos ricos em
fibras, proteínas e gorduras boas. E tapioca não tem não disso. Além disso, a tapioca também não tem micronutrientes
que são importantes. Então, por exemplo, alguns alimentos como
cenoura, beterraba, que o pessoal tem muito medo, esses alimentos até têm um pouquinho
de carboidrato – bem menos que a tapioca – só que eles têm muitos nutrientes; diferente
da tapioca, que só tem o carboidrato e zero nutrientes. Mas complementando aqui então, se ela não
tem nutrientes, se ela não tem proteína, por que a gente ouve tanto falar que ela é
um alimento saudável? A verdade é que alimento saudável ou não,
em primeiro lugar, não existe um conceito muito definido, não existe um consenso muito
claro do que é alimento saudável. Mas em segundo lugar é questão de comparação. Você está comparando a tapioca com um pão
cheio de glúten, trigo, uma coisa mais processada, às vezes. Comparar a tapioca com biscoito recheado,
a tapioca parece um alimento mais saudável. O que você acha, Roney? Com certeza a tapioca, nesse contexto, principalmente
no contexto de substituição, pode sim, ser uma coisa melhor. Por exemplo, se no café da manhã você comia
pão com margarina e passa a comer tapioca com manteiga; então nesse contexto, uma tapioca
vai ser melhor para você do que o pão com margarina. Até porque o pão tem a questão do trigo
e do glúten que fazem mal, sim. Fazem mal, inclusive, para quem não tem intolerância
ao glúten. Nós falamos sobre isso e vamos deixar o link
aqui na descrição, sobre esses problemas inerentes ao trigo. E também os pães têm o problema de, muitas
vezes, levar muito óleo de soja, dependendo da variedade de pão que você escolher. Então nesse contexto de substituição a
tapioca pode ser superior. A verdade é que a tapioca é considerada
um amido “seguro”. Ela é basicamente uma fonte de carboidrato
sem mais nada junto. Sem nutrientes, como o Pedro falou; sem glúten,
como o Roney falou. Então se você quer só aumentar a sua ingestão
de carboidrato, sem colocar essas outras coisas para dentro, pode ser interessante colocar. Agora, a realidade da maioria das pessoas
que está buscando emagrecer, não é essa. A realidade dessas pessoas é tentar colocar
apenas comidas nutricionalmente densas, ingerir comidas apenas nutricionalmente densas, e
ingerir comidas caloricamente pouco densas. Ou seja, poucas calorias e muitos nutrientes
a cada grama, a cada pouco de saciedade que ela te dá. E a tapioca não entra nesse conceito. E até por isso nós achamos importante tratar
desse assunto e chamamos o Pedro para falar sobre isso porque nós ficamos muito chateados,
muito até putos, de não sabermos de onde vem essa informação de que a tapioca é
um alimento que ajuda a emagrecer. A gente realmente não sabe de onde isso vem
e a gente não vai responder isso porque a gente não sabe, mas a gente achou bom dar
esse esclarecimento sobre quando consumir tapioca e quando não consumir tapioca. Então onde é o lugar da tapioca numa dieta
low-carb? Qual é o lugar dela? Tem esse lugar? Basicamente numa dieta low-carb, se você
é uma pessoa que busca emagrecimento, não vai ter muito o seu lugar. Mas se você é uma pessoa que reduz carboidrato
refinado por questão de saúde – como eu falei, uma pessoa que não (?) perder peso,
pratica bastante atividade física – e quer comer uma tapioca num pós-treino, por exemplo,
ou num pré-treino até; sim, ela teria o seu lugar aí sem muitos danos negativos na
sua saúde. E se você fizer low-carb, dependendo da sua
faixa de restrição de carboidrato, por exemplo, já perdeu bastante peso, não tem mais tanto
peso para perder ou está satisfeito com o seu corpo e consome, por exemplo, 100 gramas
de carboidratos por dia; talvez você consiga adicionar uma colher de sopa ou duas de tapioca
numa receita para fazer uma crepioca, e aí não vai ter tanto impacto. Você vai estar consumindo só uns 20 gramas
de carboidratos da tapioca e ainda vai sobrar bastante para você consumir de vários vegetais,
de alta qualidade. É, e nesse caso, a gente ainda vai estar
“dissolvendo”, digamos assim, a tapioca em ovos, que é um alimento nutricionalmente
rico, com bastante proteína, bastante gordura boa. Então aí, no caso, a sua refeição vai
ser nutricionalmente muito mais rica. Desse modo, a questão da tapioca se resume
ao ponto de que você tem que saber o contexto em que essa tapioca é inserida: um contexto
de uma pessoa atleta saudável, como o Pedro falou, é diferente de alguém que tem problemas
com açúcar no sangue e com insulina desregulada. E com sobrepeso. Nestes casos a tapioca, na nossa opinião,
não deveria nem passar perto da sua dieta, mas é claro que é sempre válido consultar
um profissional de sua confiança. E se você quer um substituto para o seu café
da manhã, que não seja tapioca e que é até mais gostoso do que ela, você pode ver
o vídeo aqui ao lado. Na verdade, nele, nós três gravamos um bolo
de frigideira simplesmente incrível. Também não deixe de se inscrever no canal
do Batata Assando. Lá tem diversas receitas, como esse bolo
que o Guilherme acabou de falar. Então a gente se vê num próximo vídeo! Um forte abraço
Do Senhor Tanquinho. E do Batata Assando.

 

senhor tanquinho, batata assando, CETOGÊNICA, EMAGRECER, LCHF, LOW-CARB, pedro batata assando, tapioca, tapioca na low carb pode, tapioca na dieta, tapioca na dieta low carb, tapioca é carboidrato, tapioca tem carboidrato, tapioca engorda, tapioca low carb, dieta low carb pode comer tapioca, tapioca é low carb, dieta low carb tapioca, tapioca dieta low carb, tapioca e low carb, dieta low carb, low carb, low, carb, paleo, emagrecer de vez, lchf, Cetogênica, lowcarb, cardapio low carb

Rate this post

Você vai gostar também:

JUNTE-SE Á NOSSA LISTA DE SUBSCRITORES

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade