[newsplus_news_ticker num="7"]

Cajú é Low Carb?

CAJU É LOW CARB

CAJU É LOW CARB

Cajú é Low Carb? – O caju é um alimento rico em fibras e vitamina C, além de possuir fósforo, magnésio, potássio, zinco, ferro, cobre e cálcio e ser pouco calórico  Por isso ele é interessante para melhorar imunidade, proteger a visão, ajudar na saúde do coração e até mesmo no controle do diabetes.

Cajú é Low Carb?

Ah sim, ao contrário do que muita gente pensa, ele também é pouco calórico. Uma porção de 100 g do pseudofruto possui apenas 43 calorias.

O caju deve ser consumido com moderação por quem tem enxaqueca e pode ser usado em preparações doces e salgados. Cuidado com os suco concentrados

CAJU É LOW CARB

CAJU É LOW CARB

Sabia que o caju é um pseudofruto?

Sim, o verdadeiro fruto do cajueiro é a castanha! Mas não desista dele: o alimento é rico em fibras e vitamina C e geralmente é consumido in natura ou no preparo de sucos, doces, smoothies e sorvetes.

Ah sim, ao contrário do que muita gente pensa, ele também é pouco calórico. Uma porção de 100 g do pseudofruto possui apenas 43 calorias.

Além disso, o caju possui fósforo, magnésio, potássio, zinco, ferro, cobre e cálcio. Esses nutrientes proporcionam diversos benefícios para o organismo.

 

Benefícios do Caju

 

1. Aumenta a imunidade

Por ser rico em vitamina C e zinco, o caju é benéfico para o sistema imunológico. A vitamina C contribui para as defesas do organismo, pois protege o tecido epitelial e promove atividade antioxidante. O zinco, por sua vez, contribui para diminuir o estresse oxidativo e o surgimento de inflamações. Quanto mais maduro o caju, mais vitamina C ele terá.

2. Ajuda a perder peso

O caju pode ser um aliado da perda de peso, desde que consumido de forma moderada. Isso ocorre porque ele é pouco calórico e rico em fibras, o que retarda o esvaziamento gástrico e favorecendo a sensação de saciedade sem acrescentar muitas calorias à dieta. As fibras, principalmente quando consumidas com muita água, também favorecem o funcionamento do intestino, contribuindo para diminuir o inchaço abdominal.

3. É um aliado da saúde cardiovascular

O caju também pode ser um poderoso aliado do coração e da saúde cardiovascular. Em um estudo publicado no The American Journal of Clinical Nutrition com 51 participantes, pesquisadores verificaram que quem acrescentava o caju à dieta reduzia tanto o colesterol total quanto o LDL A redução dessa fração, principalmente, é fundamental para manter uma boa saúde cardiovascular e afastar doenças graves como infartos e AVC. Além disso, diminui a pressão sanguínea e melhora a circulação, o que previnem os problemas cardíacos.

4. É benéfico para a visão

O alimento também é benéfico para a visão. Ele é rico em luteína e zeaxantina, que ajudam a prevenir a catarata. O caju, portanto, fortalece a visão e protege contra a doença degenerativa macular, problema de saúde que surge com a idade avançada.

5. Faz bem para ossos

É um alimento rico em magnésio, ferro, cálcio, potássio e zinco, minerais essenciais para a saúde dos ossos. Um artigo publicado na revista Nutrients demonstrou que há evidências científicas de que o magnésio beneficia a saúde óssea e combate a osteoporose. E uma suplementação adequada de cálcio, fósforo, potássio, ferro e zinco, além das vitaminas A, B, C, D e K é essencial para a formação e o fortalecimento dos ossos. O caju é um dos alimentos que contribuem para fornecer esses nutrientes essenciais e, assim, é benéfico para a saúde óssea.

6. Ajuda a prevenir pedra nos rins

A formação de cálculos renais está associada, entre outros fatores, ao colesterol. Assim, alimentos que ajudam a reduzir os níveis de colesterol, como o caju, são benéficos na prevenção das pedras nos rins. E por conter magnésio pode controlar o cálcio no organismo que contribui na formação dos cálculos renais. Além disso, o suco de caju é considerado diurético, ajudando na eliminação de líquidos.

7. Faz bem para a digestão

A infecção pela bactéria H. pylori, que se instala no estômago, é responsável por muitos casos de gastrite, úlcera e até mesmo câncer. Frequentemente, a infecção não apresenta sintomas, mas o caju pode ser um aliado no seu combate, pois o pseudofruto possui componentes que têm propriedades anti-H.pylori. Assim, ele ajuda a combater as gastrites e úlceras associadas à bactéria. O caju também é um aliado do intestino, pois seu suco ajuda a combater a diarreia.

8. Ajuda no controle do diabetes

O caju contém fibras solúveis, o que propicia uma digestão mais lenta de carboidratos. Isso acaba controlando a taxa de glicemia e contribui no controle do diabetes. Mas, o caju possui um açúcar chamado frutose e deve ser consumido com moderação por quem tem o problema de saúde. O ideal é consultar um nutricionista para saber a quantidade recomendada nesses casos.

Riscos e contraindicações

O caju é geralmente um alimento seguro e, se consumido com moderação, não possui riscos nem contraindicações. Há pouquíssimos casos de pessoas com alergia ao alimento. Porém, para pessoas que sofrem de enxaqueca, deve tomar cuidado: elas devem evitar alimentos ricos em cobre, mineral que, em excesso, pode aumentar as crises.

Na hora da compra do caju, escolha aquele que estiver mais fresco, com cor firme e sem manchas. Os que estiverem muito danificados podem ter bactérias na polpa e causar problemas de saúde. O caju deve ser higienizado antes de ser consumido.

CASTANHA-DE-CAJU REUNE O MELHOR DOS MUNDOS: DELICIOSA E NUTRITIVA

A castanha-de-caju é uma oleaginosa rica em gorduras monoinsaturadas, a famos hja “gordura do bem”, e ainda entrega outros benefícios para a saúde.

A castanha-de-caju é um alimento com sotaque nordestino e que é delícia pura! Na língua tupi, acaiu (caju) significa noz que se produz. Assim, o caju fez jus ao nome e se espalhou pelo mundo todo. Por se dar tão bem com o clima tropical, ele faz parte também da tradição de países como Moçambique, Índia e Nigéria.

QUAIS OS BENEFÍCIOS DA CASTANHA DE CAJU?

O valor nutricional da castanha de caju é imenso. O fruto do cajueiro é um excelente aliado da saúde por conter antioxidantes e ser rico em gorduras boas para o coração. Além disso, fornece também minerais como magnésio, ferro e zinco. O resultado é que consumir castanha de caju faz um bem danado pro organismo:

• Previne o envelhecimento precoce: por ser rico em antioxidantes, evita o dano dos radicais livre;

• Ajuda a memória: contém selênio, um nutriente que atua na proteção da saúde do cérebro, além de conter vitamina E, que contribui para prevenção de doenças como Alzheimer.

• Faz bem pro coração: sua composição favorece o aumento do colesterol “bom” (HDL) e ajuda a diminuir o colesterol “ruim” (LDL);

• Atua no controle do açúcar no sangue: as fibras da castanha de caju atrasam a absorção dos açúcares, além de diminuir a liberação de insulina;

• Fortalece o sistema imunológico: pois contém zinco, e as vitaminas A e E;

• Up no seu bem-estar: o zinco em sua composição ajuda a prevenir ou amenizar sintomas de depressão;

• Mantém a pele bonita e saudável: e o mesmo efeito também favorece o cabelo e as unhas. Isso acontece graças a nutrientes como cobre, selênio e vitamina E.

Ou seja, os benefícios da castanha de caju são muitos e agora não faltam motivos para você inserir esse alimento na sua rotina.

QUANTO SE PODE COMER DE CASTANHA DE CAJU POR DIA?

Consumir castanha de caju é fácil, fácil! O fruto pode ser incluído nos lanches e saladas, virar um snack super gostoso e até mesmo ser saboreado na forma de manteiga ou leite de castanha de caju. Apesar de seus pontos positivos e versatilidade, deve ser consumido em pequenas porções, pois é um alimento bastante calórico (100g fornece 613 calorias). A recomendação é consumir cerca de 5 castanhas por dia para garantir seus pontos positivos.

4.8/5 - (271 votes)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

scroll to top